Trilhando em Mauá! Video e Fotos!

Trilha? Sim, trilha! Tem tempo que não faço isso sem compromisso, acho que quando você fica mais velho, você vai ficando mais seleto, e coisas que você fazia toda hora sem parâmetro algum, já começa a ter muitas regras, acho que é bem assim que esta acontecendo na minha vida ultimamente!

Por Adalto Gomes Filho

Me lembro quando era mais novo e gostava de surfar, eu ia para praia com qualquer tipo de onda, não estava nem ai, se tivesse bom era bom e se tivesse ruim também era bom, o que viesse eu matava no peito e chutava para gol! Nessa época via que os mais velhos, só entravam no mar quando estava um dia clássico, não eram de pegar qualquer onda, queriam qualidade, e hoje estou nessa mesma vibe, qualidade!

img_9570

No inicio da semana passada, recebi a visita do Jonas de Porto Real e o mesmo falou sobre a tal trilha de Mauá e sobre a turma que ia, só gente fina e pessoas mais velhas lotadas de manias como eu! Trilha diferente, boas companhia, era tudo o que eu queria!

Nessa empreitada fomos: Eu Adalto Gomes Filho, Henrique, Mario Coronel, Nicolas Feio, Jonas, Rust Cable e Luciano Mineiro.

Saímos do posto de gasolina de Maringá, onde nosso amigo e cliente Caio esta com um deposito de bebida / bar muito bacana, ali agora é o point da turma!

img_9573Estrada de chão ate chegar a trilha e por fim, trilha! Com menos de 50 metros veio o primeiro enrosco, andamos mais de 4 horas dentro de mata fechada como tinha chovido de mais e estava muito húmido, a humidade estava minando a gente, depois de muita trilha travada chegamos em Alagoinha, já no estado de Minas, cansados e com muita fome, ficamos ali por um tempo e… me caiu um pé d’água bom, aquele que molha, pois o que lava a alma ainda estava por vim…

A trilha da volta para mim foi melhor que a da ida, Luciano e Rust preferiram ir pela estrada de chão, a decisão foi boa, não pegaram chuva, mas também não fizeram uma ótima trilha, mas como eles já conheciam, não fez tanta diferença, mas para mim que nunca tinha ido, queria ver como era!

No posto de gasolina, abastecendo antes de pegar a trilha final, Rust colocou uma pilha danada falando que a trilha era brava e coisa e tal, Henrique falou para dar um desconto que não era nada disso, e realmente não era mesmo! Quem puxou a trilha foi o Henrique, andei na cola dele o tempo todo com chuva no lombo, mas muito bom, tempos que não me divertia tanto!

Faltando a ultima trilha de ligação ate Mauá, caiu o tal pé d’água que lava ate a alma, meu amigo Feio se perdeu, Jonas e Henrique meteram o pé, eu voltei com Mario para achar o Feio, o grupo se dividiu e não fizemos a tal trilha final, pena, pois deve ter ficado boa com aquela chuva toda!

img_9571Muitos falam dessa conversa fiada que sou de açúcar, mas convenhamos, quem curte andar no barro e no molhado? Aqui na nossa região tem chovido tanto, que as trilhas estão limpas de barro, mesmo andando de baixo de chuva, da para acelerar e fazer uma graças, não curto e andar de moto engessado, sem poder fazer nada, curto andar rápido, na chuva não tem como fazer isso, então, qual prazer vou ter? Moer a moto toda andando no barro? Realmente não acho produtivo.

Agradeço os convite do Jonas, e a turma que me acolheu na trilha! Andar de moto com essa turma e sempre um grande prazer, boa resenha, ótimas dicas do Mario que é coronel do exercito, as brincadeiras do Henrique, Feio sempre disposto a ajudar, Jonas sempre me jogando lama ou caindo na minha frente, frases rabugentas do Rust (vai me matar por isso kakakaka) e Luciano mostrando toda sua pilotagem agressiva. Realmente foi um dia incrível, muito obrigado amigos!

Fim de semana tem trilha em São Thomé das Letras, vamos mandar fotos e vídeos de lá para a turma, ate semana que vem se Deus quiser!

Obs: Das 7 motos que estava na trilha, 5 foram negociadas no www.motobrexo.com.br

Deixe uma resposta