Sertões :. Vitória de Gregorio Caselani, saiba mais! Fotos!

captura-de-tela-2016-09-12-as-09-59-02

A 24a. edição do Rally dos Sertões chega ao fim, e nesta última etapa (10/09), que percorreu a região entre Pontel Alta e Palmas no Tocantis, no trecho final do Rally dos Sertões. Foram 243,61 quilômetros, sendo 191,54 quilômetros cronometrados. O grande vencedor desta etapa foi Jean Azevedo (Honda), com Ramon Sacilotti (Kawasaki) em segundo e Gregorio Caselani (Honda) em terceiro, o que lhe garantiu o título do rali desta 24a. edição do Sertões.

“Este rali foi o mais duro da minha vida. O Rally dos Sertões mostrou suas marcas. Mas eu cheguei inteiro, bem como a minha Honda CRF 450X. Com certeza a etapa maratona foi a mais dura e difícil, que teve quase 1.000 quilômetros. Dedico essa vitória à Equipe Honda, minha família e meus amigos. Está passando um grande filme pela minha cabeça”, afirmou o piloto, que comemorou muito o título inédito.

“Foi um rally extremamente duro e muitos ficaram pelo caminho. Estou muito feliz por ter chegado inteiro, mesmo depois de ter ficado tão perto da vitória. Eu não posso ficar triste em ser o vice-campeão do Sertões, sem dúvidas é um ótimo resultado, e o foco em 2017 já começa agora”, comentou Sacilotti, que repetiu o desempenho de 2015.

Guilherme Cascaes assegurou o bicampeonato da Production Aberta (2016 e 2014). “Tive problemas no início mas não desisti, busquei o resultado em cada etapa. Sobrevivi a todas as dificuldades, inclusive à etapa maratona no Jalapão, que foi decisiva. O gosto dessa conquista é ainda mais especial por todas as dificuldades”, explicou.

Destaque nesta prova para Julio ‘Bissinho’ Zavatti, da Motofield, que disputou o Rally dos Sertões com uma moto Honda CRF 230F, ficou com a sexta colocação no geral, desempenho ainda mais espetacular que no ano anterior, quando foi o nono. Cristiano Teixeira (Motofield), que teve a perna esquerda amputada após acidente de trabalho e corre com uma moto adaptada, ficou em 19º na geral e terceiro na categoria.

Bruno Sperancini ficou emocionado com mais um título dos UTVs. “É muita felicidade sermos campeões, ainda mais porque esta edição foi extremamente difícil e disputada. O Can-Am Maverick Xds é o melhor carro que já tive no Rally dos Sertões. Além de leve, é muito confiável e resistente. Agradeço a BRP por mais um ano de parceria e vamos juntos buscar o pentacampeonato dos UTVs para a Can-Am em 2017”, avisou o piloto.

Bruno Sperancini ficou em sexto lugar nesta última etapa da categoria UTV, vencida por Cristiano Batista e Robleto Nicoleti, com Deninho Casarino e Luis Eckel em segundo, mas o resultdo foi suficiente para conquistar o título da temporada. Emocionado com mais um título dos UTVs. “É muita felicidade sermos campeões, ainda mais porque esta edição foi extremamente difícil e disputada. O Can-Am Maverick Xds é o melhor carro que já tive no Rally dos Sertões. Além de leve, é muito confiável e resistente. Agradeço a BRP por mais um ano de parceria e vamos juntos buscar o pentacampeonato dos UTVs para a Can-Am em 2017”, avisou o piloto.

Resultados Motos (extra-oficiais)
Sétima Etapa
1º Jean Azevedo 1h58min28
2º Ramon Sacilottti 2h03min33
3º Gregorio Caselani 2h05min15
4º Tunico Maciel 2h07min19
5º Ezair Rodrigo Bossa 2h07min19

Acumulado final Motos (extra-oficial)
1º Gregorio Caselani 29h27min47
2º Ramon Sacilotti 29h58min34
3º Eduardo Shiga 31h44min25
4º Guilherme Cascaes 33h31min43
5º Ezair Rodrigo Bossa 33h44min45

Resultado UTV (extra-oficial)

1 – #225 – CRISTIANO BATISTA/ROBLEDO NICOLETTI – 2:09:22
2 – #218 – DENINHO CASARINI/LUIS ECKEL – 2:14:21
3 – #223 – DIMAS PIMENTA III/RODRIGO KONIG – 2:15:41

Acumulado final UTV (extra-oficial)
1 – #201 – BRUNO SPERANCINI/BRENO REZENDE – 33:30:03
2 – #202 – GABRIEL VARELA/GABRIEL MORALES – 34:20:20
3 – #210 – CARLOS AMBRÓSIO/CADU SACHS – 34:30:57

Fotos by Vipcomm

Deixe uma resposta