Sertões terá cinco etapas válidas pelo Brasileiro de Rally

Sertões fará parte do calendário de aniversário dos 120 anos de Campo Grande. Foto: Marcelo Machado
Campo Grande viverá uma experiência inesquecível na largada do Sertões, no próximo sábado dia 24. A cidade-anfitriã e sede da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM) vai realizar no final de semana o grande espetáculo na Praça do Papa. As atividades começam às 16hs com o mata-mata que define a ordem de largada do maior Rally das Américas. Depois tem show da dupla sertaneja Bruninho e Davi e muita energia positiva. A festa dos 120 anos de Campo Grande merece uma festança. E o público aniversariante ganha um presente: a entrada é gratuita, basta chegar e celebrar.
Para o presidente da CBM, Firmo Henrique Alves ter o Sertões no calendário do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country traz um fortalecimento e reconhecimento para a modalidade. “ Ter uma empresa deste porte como é a Dunas, apoiando o Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country com uma visão não só técnica mas também promocional, contribui para a divulgação nacional e internacionalmente da modalidade e também do campeonato brasileiro. E é uma honra podermos dar a largada aqui em Campo Grande, cidade sede da CBM há 8 anos e que completa 120 anos no próximo dia 26 de agosto. Temos uma grande missão no Sertões, já que cerca de 70% dos veículos (motos, quadriciclo e UTV) são de responsabilidade técnica da CBM. Temos certeza que será um grande evento e um presente para todos os campo-gradenses ” – comentou o presidente.

Motos, quadriciclo e UTVs participam do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country durante evento do Sertões. foto: Ale moreira
O Sertões estará nos dias 24 e 25 em Campo Grande no qual terá cinco etapas válidas pelo Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. “A festa em Campo Grande vai ser a maior da história do Sertões e provavelmente da história de Campo Grande. Queremos ver a Praça do Papa lotada. Estamos preparando este evento há quase um ano. Pensamos em todos os detalhes que pudessem incrementar a experiência do torcedor. É um evento para toda a família. Que venham todos celebrar o aniversário de Campo Grande com o Sertões”, diz Joaquim Monteiro, CEO da Dunas, a empresa que organiza o Sertões.
A empresa ainda realizará em dezembro mais duas etapas válidas pelo Brasileiro de Cross Country com mais duas etapas válidas pelo campeonato que será realizado em Dunas-RS.
Etapa em Campo Grande
A ordem de largada é muito importante nas provas off-road. Quem larga na frente enfrenta menos poeira no caminho. O mata-mata que define a ordem de largada é chamado de super-prime. Os oito mais rápidos de cada categoria, que são definidos no prólogo da manhã, vão para o tira teima, numa pista de terra construída especialmente para esse desafio. Duas máquinas entram na pista de cada vez. O vencedor segue na disputa até sobrar o “pole position”, ou seja quem vai largar na frente na primeira especial da prova.
Depois do Super Prime, o público de Campo Grande vai acompanhar uma disputa de celebridades. E quando a adrenalina de todos estiver a 300 km/h começa o show da dupla Bruninho e David. É festa para ninguém ficar parado.
Antes e depois do evento de largada o público de Campo Grande está convidado a ver os carros e as motos de perto na Vila Sertões, localizada na Feira Central da cidade.

Sobre a competição:
As provas off-road são conduzidas pela soma de tempos dos pilotos em cada uma das especiais. Quem fizer o percurso com o menor tempo lidera a competição. O Sertões 2019 tem oito etapas, sendo duas delas válidas pelo Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. São mais de 4.800 km de Campo Grande até Aquiraz (CE). Cada etapa é dividida em três trechos: Deslocamento Inicial (DI), percurso da Vila Sertões, zona de boxe, até a largada da especial. Especial: que é o trecho cronometrado. As especiais têm em média 500 km de distância. Depois do trecho cronometrado vem o deslocamento final, mais um percurso sem cronometragem que termina na Vila Sertões da cidade destino. Os pilotos só conhecem o trajeto das especiais um dia antes através de uma planilha. Quem anda de carro ou de UTV, uma espécie de buggy de competição, leva um navegador que vai informando os detalhes do caminho, já os pilotos de moto têm de pilotar e navegar. Por isso as provas de Rally são tão emocionantes. Imaginem um piloto andando a mais de 150km/h numa estrada de terra sem saber para qual lado é a próxima curva. Quem quiser acompanhar a prova minuto a minuto pode baixar o Aplicativo do Sertões que já está disponível nas lojas da APP Store e da Google Sstore. O APP é conectado ao sistema de navegação dos carros e informa a posição exata dos competidores a cada momento.
O Sertões: Na sua 27ª. Edição, o Sertões traz muitas novidades. Projeta o futuro em três dimensões: Esporte, Social e Turismo. O lado competitivo da prova evolui com novos desafios de navegação, velocidade e tecnologia. O Lado Social, também conhecido pelo trabalho do S.A.S. (Saúde e Alegria nos Sertões), praticamente dobra a sua capacidade de atendimento das populações sertanejas por onde o Sertões passa. Cidades remotas com população carente. Finalmente: a dimensão, turística. O Sertões mostra lugares que pouca gente conhece e agora tem uma estrutura capaz de levar turistas para acompanhar a prova e todas as atrações do entorno. Mais ainda, as “expedições Sertões” são agora uma opção de viagens aberta o ano inteiro.
Campo Grande viverá uma experiência inesquecível na largada do Sertões, no próximo sábado dia 24. A cidade-anfitriã e sede da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM) vai realizar no final de semana o grande espetáculo na Praça do Papa. As atividades começam às 16hs com o mata-mata que define a ordem de largada do maior Rally das Américas. Depois tem show da dupla sertaneja Bruninho e Davi e muita energia positiva. A festa dos 120 anos de Campo Grande merece uma festança. E o público aniversariante ganha um presente: a entrada é gratuita, basta chegar e celebrar.
Para o presidente da CBM, Firmo Henrique Alves ter o Sertões no calendário do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country traz um fortalecimento e reconhecimento para a modalidade. “ Ter uma empresa deste porte como é a Dunas, apoiando o Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country com uma visão não só técnica mas também promocional, contribui para a divulgação nacional e internacionalmente da modalidade e também do campeonato brasileiro. E é uma honra podermos dar a largada aqui em Campo Grande, cidade sede da CBM há 8 anos e que completa 120 anos no próximo dia 26 de agosto. Temos uma grande missão no Sertões, já que cerca de 70% dos veículos (motos, quadriciclo e UTV) são de responsabilidade técnica da CBM. Temos certeza que será um grande evento e um presente para todos os campo-gradenses ” – comentou o presidente.
O Sertões estará nos dias 24 e 25 em Campo Grande no qual terá cinco etapas válidas pelo Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. “A festa em Campo Grande vai ser a maior da história do Sertões e provavelmente da história de Campo Grande. Queremos ver a Praça do Papa lotada. Estamos preparando este evento há quase um ano. Pensamos em todos os detalhes que pudessem incrementar a experiência do torcedor. É um evento para toda a família. Que venham todos celebrar o aniversário de Campo Grande com o Sertões”, diz Joaquim Monteiro, CEO da Dunas, a empresa que organiza o Sertões.
A empresa ainda realizará em dezembro mais duas etapas válidas pelo Brasileiro de Cross Country com mais duas etapas válidas pelo campeonato que será realizado em Dunas-RS.
Etapa em Campo Grande
A ordem de largada é muito importante nas provas off-road. Quem larga na frente enfrenta menos poeira no caminho. O mata-mata que define a ordem de largada é chamado de super-prime. Os oito mais rápidos de cada categoria, que são definidos no prólogo da manhã, vão para o tira teima, numa pista de terra construída especialmente para esse desafio. Duas máquinas entram na pista de cada vez. O vencedor segue na disputa até sobrar o “pole position”, ou seja quem vai largar na frente na primeira especial da prova.
Depois do Super Prime, o público de Campo Grande vai acompanhar uma disputa de celebridades. E quando a adrenalina de todos estiver a 300 km/h começa o show da dupla Bruninho e David. É festa para ninguém ficar parado.
Antes e depois do evento de largada o público de Campo Grande está convidado a ver os carros e as motos de perto na Vila Sertões, localizada na Feira Central da cidade.

Sobre a competição:
As provas off-road são conduzidas pela soma de tempos dos pilotos em cada uma das especiais. Quem fizer o percurso com o menor tempo lidera a competição. O Sertões 2019 tem oito etapas, sendo duas delas válidas pelo Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. São mais de 4.800 km de Campo Grande até Aquiraz (CE). Cada etapa é dividida em três trechos: Deslocamento Inicial (DI), percurso da Vila Sertões, zona de boxe, até a largada da especial. Especial: que é o trecho cronometrado. As especiais têm em média 500 km de distância. Depois do trecho cronometrado vem o deslocamento final, mais um percurso sem cronometragem que termina na Vila Sertões da cidade destino. Os pilotos só conhecem o trajeto das especiais um dia antes através de uma planilha. Quem anda de carro ou de UTV, uma espécie de buggy de competição, leva um navegador que vai informando os detalhes do caminho, já os pilotos de moto têm de pilotar e navegar. Por isso as provas de Rally são tão emocionantes. Imaginem um piloto andando a mais de 150km/h numa estrada de terra sem saber para qual lado é a próxima curva. Quem quiser acompanhar a prova minuto a minuto pode baixar o Aplicativo do Sertões que já está disponível nas lojas da APP Store e da Google Sstore. O APP é conectado ao sistema de navegação dos carros e informa a posição exata dos competidores a cada momento.
O Sertões: Na sua 27ª. Edição, o Sertões traz muitas novidades. Projeta o futuro em três dimensões: Esporte, Social e Turismo. O lado competitivo da prova evolui com novos desafios de navegação, velocidade e tecnologia. O Lado Social, também conhecido pelo trabalho do S.A.S. (Saúde e Alegria nos Sertões), praticamente dobra a sua capacidade de atendimento das populações sertanejas por onde o Sertões passa. Cidades remotas com população carente. Finalmente: a dimensão, turística. O Sertões mostra lugares que pouca gente conhece e agora tem uma estrutura capaz de levar turistas para acompanhar a prova e todas as atrações do entorno. Mais ainda, as “expedições Sertões” são agora uma opção de viagens aberta o ano inteiro.