São Jose dos Campos no Rally dos Sertões!

Marcelo Greguol, o famoso Chelão da Projeto Motos de São José dos Campos SP dá um rápido salve para nós leitores do Motoraid falando do que já foi feito e o que vem por aí nos próximos dias em mais um desafio do Rally dos Sertões 2019.

Chelão meu parceiro, depois de quantos anos você volta nesse desafio? E como está a ansiedade meu amigo?

Fala pessoal, primeiramente gostaria de agradecer os pilotos que esse ano de 2019 depositaram confiança e acreditaram no meu trabalho, e depois de 11 anos estou de volta aos Sertões, com noites mal dormidas e acordando cedo nos ultimos 2 meses, controlando a ansiedade e mexendo nas Motos para que elas fiquem melhor possiveis.

Esse ano você irá suportar dois Pilotos, Marcos Bettencorte e Marcelo Kina com as novas Hondas HRC 450X, como foi a preparação das motos, o que foi mais divertido e trabalhoso nessa fase preparatória?

Poxa Ernani, novamente um convite como esse é muito inspirador para se fazer um bom trabalho, lembro do que fiz para o Rodolpho Matheis e o Fantozzi em máquinas de 11 anos atrás, e agora, mexendo nas Hondas novas é muito claro a evolução e as mudanças tecnológicas, mas com a necessidade de muita adaptação, sendo o mais desafiador deixar encaixada para o Marcos e ao Kina ao jeito da pilotagem de cada um deles.

Marcelo, fala para nós, agora que tá tudo pronto, o que um mecanico experiente como você leva na caixa de ferramentas numa prova como essa?

Legal essa pergunta…meu não pode faltar chave 10 e muito enforca gato…mas brincadeiras á parte, não pode faltar vontade e disposição pra ver as Motocas funcionando redondamente.

Pra finalizar, deixa uma mensagem para nós leitores do Motoraid sobre o que é ser um mecanico de Sertões e qual é a melhor forma de motivar seus pilotos?

Tenho 52 anos, vivi muita coisa na vida e quero dizer que sou um mecânico que busco aprender todos os dias, desde as simples motos até as mais tecnológicas, e tudo isso me deu essa oportunidade de estar lá de novo e ser um integrante dos Sertões. Tenho certeza que essa ansiedade vai passar e que logo estaremos lá escutando o ronco dos motores, e que se depender de mim e dessa vontade, os pilotos estarão muito inspirados comigo. Eu gosto disso, meu sangue já tem gasolina, agora são ajustes finais e #projetomotosnosertões.

Valeu Chelão, grande abraço meu parça!
Ernani F, o Chileno