Suzuki e João Toledo trazem Kymco e Haojue ao país

Este slideshow necessita de JavaScript.

Através de uma nova empresa batizada de JTZ Motos, João Toledo, representante Suzuki, passou a montar e vender modelos Kymco e Haojue no Brasil. Uma rede de 34 lojas multimarca já está sendo abastecida por unidades montadas em Manaus (AM) com componentes nacionais (caso dos pneus Pirelli) para atender às regras do Processo Produtivo Básico (PPB), que permite obtenção de benefícios fiscais.

A fabricante de scooters taiwanesa Kymco, compatriota e concorrente da SYM (fornecedora dos Dafra Citycom 300 e Maxsym 400), vinha ensaiando a entrada no país há alguns anos. No exterior é parceira da Kawasaki, com a qual compartilha a estrutura de distribuição em alguns países e para a qual fornece o scooter J300 (não vendido no Brasil). O Kymco Downtown 300, equivalente do J300, será um dos modelos vendidos no país (R$ 19.990, com ABS), juntamente com o People 300 (R$ 18.990, com ABS).

Já a Haojue, fabricante chinesa em joint-venture com a Suzuki, é a fornecedora dos modelos de baixa cilindrada vendidos com a marca japonesa (Burgman 125, GS 120, GSR 125/150 e Inazuma 250), bem como da utilitária Dafra Riva 150. Agora sob a própria marca serão comercializados a motoneta Nex 110 (R$ 5.590), o scooter Lindy 125 (R$ 5.990) e a custom Chopper Road 150 (R$ 5.990). Consultamos a Dafra a respeito do possível fim da parceria com a Haojue, mas os representantes da montadora não se manifestaram. Fontes do mercado afirmam que a parceria com a Haojue de fato está no fim e que a marca apenas segue vendendo o estoque existente de Riva 150.

Fonte revista Duas Rodas, corra e compre a sua nas bancas

Deixe uma resposta