Pista pesada na segunda etapa do Amador de MX Dirt Action!

A segunda etapa do Amador de MX Dirt Action 2016 foi disputada no ultimo final de semana 21 e 22 de maio em Bragança Paulista, na MX Track Bragança, com um final de semana de tempo instável, que deixou a pista bastante pesada para os pilotos. O sábado foi bastante castigado pela chuva e as categorias MX 2 Iniciantes, 230F e MX 50 tiveram que enfrentar um desafio a mais para superar esta etapa.

A categoria 230F foi a primeira a largar no sábado, as motos nacionais sofreram com o barro, dentro da pista melhor para Marcelo Souza que venceu mais uma na competição desta vez correndo em casa, na segunda colocação ficou Maxsuel Eduardo e terceiro para Emmanuel Barros. As categorias MX 50 e MX 2 iniciantes largaram juntos devido a redução do numero de inscritos, a chuva afugentou muitos competidores, Holeshot General Motos para José Carlos Guimarães o piloto da MX 50 largou bem mas não conseguiu manter a liderança até o final, foi ultrapassado por Antônio Mantovani o “Telinho” que venceu a etapa na MX 50, Guimarães ficou em segundo e Carlos Lazzaro em terceiro. Na MX 2 Iniciantes vitória para Augustinho Teixeira, segundo para Kenzo Murata e terceiro para Bruno Rios.

No domingo apesar do terreno ainda bastante molhado pela chuva do sábado o sol apareceu e trouxe nova expectativa para o final de semana. A pós uma boa sessão de treinos os pilotos da MX Open foram os primeiros a alinhar no gate, o público viu uma bela disputa entre Deninho Alves e Felipe Ferreira, Felipe soube dominar melhor a pista ainda um pouco pesada e venceu a bateria com Deniho em segundo e Francisco Giannetti Neto em terceiro. Na categoria Junior a vitória ficou com o piloto Arthur Alcon de Porto Real (RJ), na segunda chegou Fernando Dias e em terceiro Pedro Felix. A categoria MX 40 teve um bom numero de competidores, e a disputa foi vencida por Nei Marcolim de ponta a ponta, o piloto fez o Holeshot e não perdeu mais a frente da categoria, na segunda ficou Eduardo Andrade e na terceira Maninho Oliveira.

Após as três baterias iniciais a pista recebeu mais uma manutenção e ai sim ficou em total condições para os pilotos da MX 1 entrar em ação, novamente a disputa ficou entre Felipe Ferreira e Deninho Alves, só que desta vez quem também entrou na briga foi André Stocovich, mas Felipe estava realmente imbatível nesta etapa e venceu mais uma, com Stocovich superando Deninho e ficando em segundo. Na Intermediária Open uma corrida bastante equilibrada, Lucas DTO assumiu a ponta logo nas primeiras voltas e depois recebeu a pressão de Vinicius Tainan que venceu a categoria, seguido por Lucas e com Edson Cherem em terceiro. Na MX 30 André Stocovich não deu mole pra ninguém, fez o Holeshot e venceu de ponta a ponta, na segunda colocação ficou Francisco Giannetti Neto e em terceiro Marcelo Henrique Souza. Na sequencia entraram os pilotos da casa em uma bateria especial aos pilotos da cidade vitória para Neto Tostes, seguido de Du Reganhão e terceiro para Alexandre Meneglin. A MX 2 foi a ultima bateria do dia e mais um piloto da casa venceu, desta vez a vitória foi para João Henrique Silva o jovem piloto de 16 anos mostrou muita velocidade, Marcelo Henrique ficou em segundo e Renato Hermann em terceiro.

A próxima etapa acontece em Caçapava nos dias 02 e 03 de julho. Mais informações e resultados completos, no site www.amamx.com.br

A Campeonato Amador de Motocross Dirt Action 2016, tem o patrocínio da IMS, América Sports e Dirt Action, o Copatrocínio da Red Dragon, Stocovich Design, General Motos e Brasil Racing, o apoio da RKS Racing, MRP Racing, Pro Mundial, Duo Motos, Motobrexó, e AMC Racing. A organização é da Extreme Racing Competições com supervisão da LIVRE BRASIL, apoio de mídia de Cross Racing, Dirt Action, MotoX, MX Racing, Pró Moto, Zuun Motorcycles, Moto.com.br, Motoraid, Cross na Veia, Cross Clube Brasil, BR MX, Cross One, Motocando, Moto Off Road e Moto1.