Piauiense de MX, saltos e curvas na Fazenda Linhares

b9156a6e-ddf6-4b43-882a-2613460f206c

 

O Campeonato Piauiense de Motocross começou com força total, muita organização, excelente estrutura e bom nível de competitividade. Nada mais oportuno, já que a Federação de Motociclismo do Piauí – FMP pela primeira vez assumiu a realização de um campeonato oficial da modalidade, seguindo todas as regras e condutas que a Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM impõe aos estados federados. A abertura aconteceu no último sábado e domingo, dias 19 e 20 de agosto, na Fazenda Linhares, em Valença do Piauí, a 199 km ao sul de Teresina. Cerca de 80 pilotos de seis estados compareceram, Piauí, Maranhão, Ceará, Bahia, Pará e Rio Grande do Sul. Centenas de pessoas compareceram à Fazenda Linhares e curtiram de perto e com toda segurança a apresentação de dupla paulista na modalidade Free Style Motocross Tatá Mello e Cyro Oliveira, além de super disputas na pista.

A pista, aliás, foi toda projetada dentro de padrões oficiais e contou com uma área de 1650 metros, onde os pilotos fizeram vários saltos e manobras radicais, para delírio dos expectadores. A The Rolling Produções contratou ambulância com UTI móvel, com médico e enfermeiros, além de paramédico para dar todo suporte, em caso de acidentes, mas felizmente apenas um choque de duas motos resultou apenas em lesão leve de um dos participantes.

O público pôde disfrutar de áreas privilegiadas no entorno da pista e acompanhar as disputas em cada largada, o que aconteceu por categoria. Os pilotos tinham um tempo de 15 minutos mais duas voltas para definir quem tinha coragem e força para estabelecer o menor tempo e se sagrar campeão. As categorias envolveram as motos nacionais, importadas e também divididas por cilindradas, além de categorias extras, como a de pilotos da região Sul do Estado.

Na categoria mais competitiva e onde se inscreveram os pilotos mais experientes da modalidade, a MX1, que é para motos importadas, o campeão foi o experiente piloto do Rio Grande do Sul, Mateus Basso. “A corrida foi muito boa, eu consegui fazer uma boa largada, o calor estava muito forte, mas como eu venho frequentemente na região, já conheço as temperaturas, mas eu acho que o diferencial é que corro o Campeonato Brasileiro de Motocross e isso faz uma diferença, além de que a pista está bem técnica, até parabenizei os organizadores, porque é uma pista sensacional e que tem um nível bom e isso melhora para os pilotos mais experientes. Me diverti e espero voltar novamente aqui em outras competições”, destacou

A organização passou 20 dias mantendo a pista molhada, fator que reduz riscos de acidentes e melhora a visibilidade de pilotos e direção de prova. “Há mais de 40 dias, começamos o trabalho de construção da pista e nos últimos 20 dias utilizamos três tipos de carros pipas para manter o terreno o menos seco possível, o que resultou em um gasto de 200 mil litros de água. Montamos estrutura de segurança, bar, lanchonete e restaurante para atender o público e estamos satisfeitos, porque o resultado do evento foi satisfatório, ressaltando que os parceiros e patrocinadores foram importantes para o evento acontecer”, disse o presidente da The Rolling Produções e organizador da etapa, Gentyl Linhares.

Uma equipe baiana de Remanso (BB Racing Preparações) trouxe seis pilotos para disputar o circuito da Fazenda Linhares, embora não pontuassem no campeonato, por não serem federados na FMP. O nome de mais destaque na equipe é o piloto Adriano Alencar, com mais de 10 anos de experiência no motocross. “A gente veio com a missão de correr no esporte que gostamos e tentar subir no pódio. Eu disputei em três categorias a 200cc, a Força Livre Nacional e a MX1. Estamos disputando recentemente dois campeonatos, o Piauiense e a Copa Sertão de Motocross, no Pernambuco”, disse a fera que foi campeão da categoria 200cc e vice-campeão na MX1.

O piloto de Teresina Albert Miura, que por vários anos foi piloto federado de enduro de regularidade, diz que se sente mais confortável e tranquilo praticando o motocross. Ele conquistou um 4º lugar na categoria MX3 e um 5º lugar na Open Nacional e já está acumulando pontos no Piauiense. Destaque ainda para Maria Eduarda, de Floriano, que venceu na categoria feminina, a MXF. Ela fez história, pois é a primeira mulher filiada na federação piauiense na modalidade.

A The Rolling também prestigiou os campeões com brindes e dinheiro, totalizando mais de R$ 12 mil. A próxima etapa do Piauiense de Motocross acontecerá em Parnaíba.  O Circuito Motocross da Fazenda Linhares tem Patrocínio: Fazenda Linhares, The Rolling, Belodonto, Empresa Líder, Protork, Construfé, B. Melão, Alencar Retalhos. Apoio: Prefeitura Municipal de Valença do Piauí, Equipe Radical Motos, Felipe Mania, Casa da Solda, T3 Racing, Leo Motos, Hidrobombas. Cobertura oficial: Show Radical, Mary Balla Fotos e Programa Caminhos e Trilhas. Realização: The Rolling Produções. Supervisão FMP – CBM.

RESULTADO  CIRCUITO MOTOCROSS DA FAZENDA LINHARES – 1ª ETAPA DO CAMPEONATO PIAUIENSE DE MOTOCROSS 2017

Categorias extras

Categoria Local
1° – 113 Caio Baiano
2° – 4 Júnior Bola
3° – 19 Léo Flávio
4° – 3 Wellysson

Categoria 200cc
1° – 21 Adriano Alencar – Remanso-BA
2° – 10 Maguim Preparações – Jatobá-PI
3° – 41 Diego Julião – Quixadá-CE
4° – 22 José Sammy – Sobral-CE
5° – 267 Joabe Félix de Oliveira – Paraopebas-PA

Categorias Oficiais

Categoria 230cc
1° – 41 Diego Julião – Quixadá-CE
2° – 17 Alef dos Passos – Teresina-PI
3° – 11 Thiago Sales – Floriano-PI
4° – 94 Vinícius Maschio – Bom Jesus-PI
5° – 77 Tárcio Brasil – Floriano-Pi

Categoria Força Livre Nacional
1° – 22 Rui Passos Lima – Campos-MA
2° – 11 Thiago Sales – Floriano-PI
3° – 22 Luiz Antônio – Canto do Buriti-PI
4° – 69 Diego Lopes – Água Branca-PI
5° – 94 Vinícius Maschio – Bom Jesus-PI

Categoria Opem Nacional
1° – 8 Washington – Juazeiro-BA
2° – 21 Joabe  Félix de Oliveira – Paraopebas-PA
3° – 22 João Borges – Esperantina-PI
4° – 22 Mariel – Sobral-CE
5° – 12 Albert Miura – Teresina-PI

Categoria MXF
1° – 52 Maria Eduarda – Floriano-PI
2° – 95 Margarete Nunes – Anísio de Abreu-PI

Categoria MX3
1° – 8 Woshington Juazeiro-BA
2° – 69 Joabe Félix de Oliveira – Paraopebas-PA
3° – 22 Mariel Sobral-CE
4° – 12 Albert Miura – TeresinaPI
5° – 22 João Borges – Esperantina-PI

Categoria MX1
1° – 9 Matheus Basso – Rio Grande do Sul
2° – 432 Adriano Alencar – Remanso-BA
3° – 277 Raul Lima – São Luís-MA
4° -22 Rui Passos Lima – Campos-MA
5° -22 Luís Antônio – Canto do Buriti-PI

Direção de Prova:
Marcos Aurélio

Deixe uma resposta