Mundial de MX:. Gajser cai e Nagl leva na República Checa

max_nagl-1

Com vitórias em ambas as corridas, Max Nagl conquistou o MXGP da República Checa, numa vitória ‘oferecida’ por Tim Gajser, que seguia na liderança da segunda bateria quando caiu.

Não foi uma primeira volta tão espectacular como na primeira corrida. Gajser fez o holeshot e tentou de imediato fugir a toda! Em segundo seguia Butron e em terceiro Nagl. Ultrapassagens nos pilotos da frente, apenas as dos pilotos da Honda, Paulin e Bobryshev, a Guillod.

A 26 minutos do fim, Nagl ultrapassou Butron para ir em busca de Gajser. O alemão sabia que só vencendo a segunda corrida é que venceria o GP. Enquando Nagl não chegava a Gajser, a luta pelo terceiro lugar estava forte, entre Paulin, Desalle e Febvre. Em cerca de meia volta, o francês da Yamaha passou de quinto a terceiro. Desalle também passaria por Paulin.

Na frente, a diferença entre Gajser e Nagl não sofria alterações, estabilizando muito tempo nos 4,5 segundos. Mas a menos de cinco minutos do fim, o esloveno perdeu o controlo da moto e caiu, com Nagl assumindo a liderança.

Tal como na primeira corrida, Gajser perseguia Nagl. A diferença era de dois segundos logo após o acidente do esloveno. Agora era a vez de Gajser precisar de vencer para conquistar o GP, mas em vez de diminuir, a diferença para Nagl aumentava: de 2 segundos, para 2,5 e daí para 3,5.

Nagl venceu mesmo a segunda corrida e conquistou o GP. Gajser foi segundo na bateria e no GP e Febvre terceiro na corrida e no GP.

Deixe uma resposta