Mundial de Enduro, Brad Freeman bate Holcombe na luta pelo título principal

A ultima etapa do campeonato mundial de Enduro disputou-se em Ambert, palco da decisão dos títulos de EnduroGP e E2.

Na categoria principal, Brad Freeman chegou ao último dia de competição com 13 pontos de vantagem sobre Steve Holcombe, o campeão em título. Na categoria E2, Loïc Larrieu estava com apenas 1 ponto a mais de Alex Salvini.

Larrieu sabia que só podia ficar “descansado” se repetisse a vitória do primeiro dia e foi isso mesmo que fez. O piloto da TM foi o mais rápido em 6 das 9 especiais e levou o titulo da EnduroGP e E2, mas não sem que Salvini lutasse muito pela vitoria, o italiano esteve sempre ao ataque e terminou a somente 8 segundos do francês!

Com este triunfo, Larrieu sagrou-se campeão mundial de E2, batendo o veterano Salvini no campeonato por 4 pontos.

Empolgados pela batalha pelo título de E2, Larrieu e Salvini acabaram por deixar para trás os pretendentes à coroa da categoria EnduroGP. Steve Holcombe conseguiu terminar 6 segundos na frente de Brad Freeman mas isso não foi suficiente para impedir que o piloto da Beta Boano lhe roubasse o título.

Não podemos esquecer que Freeman fez o GP da Itália com uma clavícula partida o que, por si só, prova que tudo fez para conquistar a coroa de campeão mundial de EnduroGP. No campeonato, foram 11 os pontos que o separaram de Holcombe numa temporada em que os dois britânicos estiveram um nível acima da concorrência.

Por sua vez, Steve Holcombe garantiu o título da classe E3 com 23 pontos de avanço sobre Daniel McCanney. Na classe E1, Brad Freeman já trazia o título da etapa anterior.

Os pilotos do campeonato do mundo de Enduro começarão agora a preparar a participação nos ISDE que este ano se realizam em Portimão em Portugal entre os dias 11 e 16 de Novembro.