Rally Cerapió 2014
Editor
10/12/2013
Equipes definem planilha dos carros, quadriciclos e UTV e percurso das bikes do Rally Cerapió
A partir desta segunda-feira (09), duas equipes técnicas do Rally Cerapió, tendo à frente o diretor geral Ehrlich Cordão, se encontram em Fortaleza, capital do Ceará, de onde iniciarão a conferência da prova dos carros 4x4, quadriciclos e UTV, além do levantamento inicial da prova de Bike. Para os carros, quadriciclos e UTV o percurso total de quatro dias de prova será de cerca de 1.100 km. O percurso das bikes será de aproximadamente 360 km. Para carros 4x4, quadriciclos e para as motos, o Cerapió valerá como etapas de abertura dos campeonatos brasileiros de regularidade. Serão seis dias de muito chão para cruzar e fazer os acertos finais quanto às referências, os pontos altos da prova, as velocidades médias, fechar o tempo estimado de prova, para só então concluir o mapa ou a planilha para essas modalidades.

O diretor da prova de carros 4x4, Zé do Rádio, comandará a conferência junto com demais membros. “Nosso objetivo é dirimir as pequenas dúvidas e fazer alguns ajustes nos trechos que já foram levantados. Os competidores podem esperar uma prova de terrenos bastante variados, com muita navegação, de forma que a prova seja interessante do início ao fim. Além disso, os quatro dias de prova valem pelo campeonato brasileiro da Confederação Brasileira de Automobilismo, o que deixará as disputas mais emocionantes”, destacou o diretor.

O ponto de partida na próxima terça-feira (10) será o Iguatemi Shopping, onde acontecerão as vistorias, os briefings para todas as modalidades e a largada promocional, entre os dias 26 e 27 de janeiro. A largada oficial do maior rali de regularidade das Américas acontece no dia 28 e o término no dia 31 de janeiro, em Barreirinhas, porta de entrada para os Lençóis Maranhenses. Essa é a primeira vez que a prova terminará em solo maranhense e a premiação será no dia 1º de fevereiro após um merecido descanso.

O Rally Cerapió terá quatro dias de competição. No dia 28 de janeiro, a largada será de Fortaleza com pernoite em Jijoca, litoral cearense; no dia seguinte, o trecho é Jijoca a Viçosa do Ceará; no dia 30, as etapas serão entre Viçosa do Ceará a Parnaíba, no Piauí, de onde partirá para o término em Barreirinhas, no dia 31.
Já a direção de prova das bikes também estará em Fortaleza, de onde começa a definição do percurso da prova de mountain bike. A prova terá largada no dia 28 de janeiro rumo a Flexeiras, também no Ceará. Para este trecho, estão previstos 100 km de percurso cronometrados. 

O segundo dia de prova terá o trecho Tianguá até Viçosa, onde o clima neste dia muda completamente, tendo as serras e o clima mais ameno como diferencial e apenas 50 km de prova para descontar o esforço do primeiro dia. No dia 30 de janeiro, o percurso será Viçosa até Barra Grande, já no litoral do Piauí, sem refresco, pois serão 100 km de prova. A última etapa será no dia 31 de janeiro, entre Pirangi, no Piauí, a Paulino Neves, no Maranhão, novamente com 100 km de percurso e uma mistura de sertão com trechos de mais dificuldade por causa do areal já no final da trilha. “O primeiro e o quarto dia serão trechos de piso mais arenoso e o segundo e terceiro dias serão os mais técnicos, com mais single-tracks e mais serra e sertão”, disse o diretor Zenardo Maia. As categorias são: Masculino – Sub-23, Sub-30, Sub-40, Over-40 e Over-50 e Feminino (cat. Única).

O Rally Cerapió está com inscrições abertas e conta com co patrocínio: Governo do Estado do Ceará e Governo do Estado do Piauí, Honda e Houston Bike; apoio: Michelin; colaboração: Shopping Iguatemi, UCI Cinemas. Ação social: Ótica Jockey e Sesc. Parceiros: Sertão Games, Pag Contas, Vax transportes, Gran Solare Lençóis Resort e Lys Turismo. A supervisão é da Confederação Brasileira de Motociclismo, Confederação Brasileira de Automobilismo e Confederação Brasileira de Ciclismo e das federações de Motociclismo do Piauí, Maranhão e do Ceará e federações de Ciclismo do Piauí, Maranhão e do Ceará.