MotoGP – Veja aqui os horários do Grande Prémio da Catalunha

A sétima corrida do ano do Mundial de Velocidade leva os pilotos até ao circuito de Montmeló, onde este fim de semana se realiza o Grande Prémio da Catalunha. Miguel Oliveira quer regressar aos pontos, enquanto as lutas pelas vitórias nas categorias MotoGP, Moto2 e Moto3 prometem elevar ao máximo as emoções dos fãs.

O Mundial de Velocidade está ao rubro e a incerteza sobre quem vence em cada categoria está a deixar os fãs ainda mais entusiasmados do que o normal. Para nós, portugueses, a presença de Miguel Oliveira na classe rainha MotoGP está a captar todas as nossas atenções, e o piloto de Almada não tem desiludido neste seu ano de estreia com as motos maiores e mais potentes.
Em análise ao que o espera no Grande Prémio da Catalunha, a realizar neste próximo fim de semana, 14 a 16 de junho, Miguel Oliveira afirma que “Gosto muito da pista pelo que espero continuar o trabalho realizado em Mugello. Espero ser mais competitivo logo a partir de sexta feira, que é o principal objetivo, e estar muito mais próximo do top 15 do que aquilo que tenho estado nas últimas corridas”.

A verdade é que as prestações do piloto luso têm sido afetadas, em parte, pela falta de performance na sua KTM RC16 da Tech3. Miguel Oliveira já fez sentir o seu “desconforto” pela falta de evolução da moto, nomeadamente porque a equipa não está a ter acesso ao mesmo material da Red Bull KTM Factory.
Dani Pedrosa, piloto de testes da KTM em MotoGP desde final do ano passado, testou recentemente a moto austríaca, e o seu “input” pode ajudar a KTM a definir melhor o rumo a seguir em termos de evolução da moto, o que potencialmente poderá vir a beneficiar Miguel Oliveira.
Mas o GP da Catalunha é também o palco de novas batalhas pelas vitórias nas três categorias.
O circuito de Montmeló voltará assim a ser o cenário para mais uma luta acesa entre a Honda e a Ducati, com outros fabricantes à espreita. A Ducati vem de uma vitória em Mugello, por Danilo Petrucci, mas se recuarmos há um ano atrás, a marca italiana também saiu feliz de Montmeló, com Jorge Lorenzo a “bater o martelo” com toda a força conquistando então a sua segunda vitória com a Ducati.
Marc Marquez não vence há bastante tempo no circuito catalão, e apesar de ser o piloto mais forte esta temporada, o campeão tem apenas 12 pontos de diferença na classificação sobre Andrea Dovizioso, que tem na Catalunha mais uma boa oportunidade de bater o rival da Honda.

Nas Moto2 o italiano Lorenzo Baldassarri está na liderança desde a primeira corrida da temporada no Qatar, mas nas duas últimas corridas, e após receber muitas críticas, Alex Marquez subiu de forma, e com uma resposta incrível venceu de forma inequívoca as duas últimas corridas da categoria intermédia, colando-se assim a Baldassarri. Os dois estão separados por apenas dois pontos! Thomas Luthi também não está longe do líder, estando a quatro pontos.
E nas Moto3 a emoção também está em alta. O espanhol Aron Canet lidera com três pontos, mas na categoria mais “jovem” do Mundial de Velocidade há muitos candidatos à vitória, e as previsões para este GP da Catalunha apontam para uma dura batalha até à linha de meta.

Para saber os horarios, entre no site da www.sportv.com.br