Motocross, Stefan Everts sofre nova amputação de dedos

As complicações que se seguiram depois de ter sido infectado com malária forçaram Stefan Everts a regressar ao hospital para mais uma amputação. Desta vez, para remover mais dedos dos pés.

Apesar de ter lutado arduamente para conseguir suportar as dores inimagináveis que sofreu, Everts teve de se submeter a outra cirurgia na semana passada (na quinta-feira, mais precisamente) no hospital de Gasthuisberg, perto de Leuven. A última operação deixou a lenda do motocross com apenas dois dedos restantes no pé esquerdo e nenhum no pé direito.

O ex-piloto de 46 anos, que foi 10 vezes campeão do mundo, foi fortemente atingido pela Malária há um ano, o que levou a que tivesse de ser induzido em coma. Na altura, teve de lutar pela vida pois havia um sério risco de não conseguir sobreviver à infeção grave que contraiu.

Embora tenha recuperado ao ponto de poder desfrutar de momentos sobre rodas com o seu filho Liam, Everts sofreu vários contratempos ao longo do último ano e espera-se que este tenha realmente sido o último.