Lucas Dunka passa a liderar o Catarinense de MX

Texto: Reportagem FCM – com informações de Tiago Wolf – Fotos: Tiago José Wolff / FCM

Dunka é o novo líder da MX1 no Catarinense

Lukas Dunka é o novo líder do Campeonato Catarinense de Motocross 2016. Terceiro colocado na classe MX1 na prova desse domingo, 26, em Joinville, Dunka  superou a pontuação do então líder José Brayan que abandonou após uma queda. O vencedor da etapa foi Leonardo de Souza.


Vista do CT Chumbinho

A competição desse domingo realizada no CT Chumbinho, somou pontos pela terceira etapa do Campeonato Catarinense de Motocross e pela segunda etapa do Brasileiro de Motocross para as classes MX4, MXF, 65cc e 55cc. E é claro, Milton Chumbinho fez a sua parte, ganhando com boa vantagem na MX4. Pela MXF Maiara Basso foi a vencedora, na 65cc a vitória ficou com José Antonio Filho e na 55cc Rafael Becker venceu mais uma.


Jetro Salazar

Na MX1 Jetro saiu na frente, seguido por Brayan e Léo Souza. Brayan pressionou bastante nas duas primeiras voltas, mas acabou errando e caindo na sessão de costelas. A sua moto não pegou mais, obrigando-o a abandonar.

Leonardo foi aos poucos chegando no líder, começou a pressionar, enquanto Jetro com dificuldades na embreagem não conseguiu manter o mesmo ritmo e teve que parar no pit para amenizar o problema. Ao retornar, acelerou ainda mais forte e ficou em segundo. Completaram o pódio da MX1 os irmãos Mateus e Lucas Basso.


Brayan Soares

A MX2 precisou de relargada devido a uma bandeira vermelha. Na primeira delas Brayan saiu na frente. Quando o gate caiu pra valer ele começou em terceiro, mas na segunda volta já vinha em segundo e pressionando forte, até passar e ficar com a vitória. Léo ficou em segundo, Dunka em terceiro, seguido novamente dos irmãos Basso.


Milton Chumbinho

Pela MX4 Chumbinho começou em terceiro, porém já na primeira volta assumiu a ponta e foi se distanciando até vencer. Boas disputas aconteceram pela segunda e terceira colocações com Richard, Juca Bala e Walter Tardin.


Markolf foi o vencedor da MX3

Na MX3 Chumbo se enroscou com outros pilotos e acabou caindo, estragando a moto que também foi literalmente atropelada. Aí não teve jeito senão abandonar. Markolf Berchtold não perdeu a oportunidade e faturou pela primeira vez nessa categoria.


Vanderlei Jr. 

Outra boa disputa aconteceu na classe 85cc/Júnior, que culminou com a vitória do piloto da casa, Vanderlei Júnior. Darlan Milverstet liderou boa parte da bateria. Vanderlei Junior veio de trás, passou o segundo colocado Olívio Gabriel e foi pra cima do líder. Porém acabou errando e Olívio passou de volta. Mesmo assim ele se recuperou e muito mais rápido teve tempo de chegar no líder Darlan que errou na penúltima, deixando o caminho livre para Vanderlei Júnior.


Diego Heining

A melhor disputa na intermediaria MX1 foi entre Markolf Berchold e Diego Heining, justamente pela vitória que acabou ficando para Diego. Entretano, Alex Cavalca permanece líder.


João Gabriel

Na Intermediária MX2 deu João Gabriel da Veiga, tirando preciosos pontos em relação ao líder da categoria Gilmar Longen Junior, que terminou em segundo na etapa.


Jacson Keil

Jacson Keil dominou a classe Nacional. Em segundo ficou Admilton Farias e Murilo França em terceiro, que segue na liderança do campeonato.


Maiara Basso

José Antonio Filho 

Rafael Becker

A prova de Joinville foi uma realização do Motoclube de Joinville, sob a supervisão da Confederação Brasileira de Motociclismo e Federação Catarinense de Motociclismo, e apoio da Borilli e Motos Neno Yamaha.

Resultado da etapa

Categoria MX Pró 
1) – Leonardo de Souza – 24:43.032
2) – Jetro Salazar – 41.901
3) – Lucas Dunka – 1:17.984
4) – Mateus Favero Basso – 1 Volta
5) – Lucas Favero Basso – 1 Volta
6) – Leonardo de Almeida da Silva – 1 Volta
7) – Luciano de Oliveira – 3 Voltas

Categoria MX2 
1) – José Brayan – 22:45.401
2) – Leonardo de Souza – 5.256
3) – Lucas Dunka – 7.253
4) – Mateus Favero Basso – 57.471
5) – Lucas Favero Basso – 1:00.734
6) – Thiago Brenner – 1:02.357
7) – Leonardo de Almeida da Silva – 1:06.668
8) – Jacson Keil – 1:10.427
9) – Gilmar Longen Junior – 1 Volta
10) – João Gabriel da Veiga – 3 Voltas

Categoria MX3 
1) – Markolf Berchtold – 18:08.675
2) – Walter Sérgio Tardin – 10.305
3) – Alex Cavalca – 11.160
4) – Amilton Juca Bala – 11.195
5) – Maiara Basso – 1:04.814
6) – Eduardo Treviso – 1 Volta
7) – Edson Oliveira de Freitas – 1 Volta
8) – Jose Luis Prado – 1 Volta
9) – Fabio Antunes de Campos – 2 Voltas
10) – Rodolfo Vasconcelos – 2 Voltas
11) – Gustavo Visoto – 6 Voltas

Categoria MX4 
1) – Milton Becker – 13:19.689
2) – Walter Sérgio Tardin – 22.634
3) – Richard Beróis – 42.944
4) – Gustavo Visoto – 51.353
5) – Fabiano Ribeiro – 52.372
6) – Amilton Juca Bala – 52.446
7) – Everson Liciano Silva – 1:10.218
8) – Adriano Ribeiro Sgobin – 1 Volta
9) – Sandro Botelho – 1 Volta
10) – Ingo Gielow Junior – 1 Volta
11) – Edson Oliveira de Freitas – 1 Volta
12) – Anisio Clasen – 1 Volta
13) – Claudinei Conzatti – 1 Volta
14) – Erivelto Nicoladelli – 2 Voltas
15) – Jose Luis Prado – 2 Voltas
16) – Rodolfo Vasconcelos – 2 Voltas
17) – Luciano Luiz Farias – 4 Voltas

Categoria MXF 
1) – Maiara Basso – 16:02.704
2) – Janaina Todeschini – 1:24.352
3) – Ana Flavia Sgobin de Oliveira – 1 Volta
4) – Ana Claudia Fietz – 2 Voltas
5) – Eduarda Guilardi Conzatti – 2 Voltas
6) – Flavia Aparecida de Mattos Wat – 3 Voltas

Categoria Intermediária MX1 
1) – Diego Heinig da Silva – 14:53.398
2) – Luciano de Oliveira – 3.432
3) – Markolf Berchtold – 5.579
4) – Fabiano Ribeiro – 29.100
5) – Alex Cavalca – 31.403
6) – Everson Luciano Silva – 32.325
7) – Renato Lehmkuhl – 35.447
8) – Renan Coldebella – 1:20.270
9) – Sandro Botelho – 1 Volta
10) – Eduardo Treviso – 1 Volta
11) – Vanderlei Biehues Blazius – 2 Voltas
12) – Admilton Farias – 4 Voltas

Categoria Intermediária MX2 
1) – João Gabriel da Veiga – 14:43.102
2) – Gilmar Longen Junior – 3.073
3) – Mauricio Perozin – 45.803
4) – Thiago Winiarski – 46.180
5) – Leonardo Melchert – 58.666
6) – Jean Carlos Lourenzetti Junior – 59.285
7) – Jonathan Pscheidt Araujo – 1:14.112
8) – Djonatan Elias Machado – 1:15.912
9) – Bruno Felipe Hodecker – 1:29.903
10) – Fabiano Bernardo – 1 Volta
11) – Caiuri Sevegnani – 1 Volta
12) – Marcelo Nota Battistella – 1 Volta
13) – Rafael Edilson Prust – 1 Volta
14) – Vinicius Tainan Chaves – 1 Volta
15) – Gabriel de Freitas – 3 Voltas
16) – Volkmar Berchtold – 5 Voltas

Categoria Nacional 
1) – Jacson Keil – 15:00.240
2) – Admilton Farias – 1:13.406
3) – Murilo Lima França – 1:24.554
4) – Fabricio Theiss – 1 Volta
5) – Andre Luiz da Rosa – 1 Volta
6) – Tiandro Jose Tortora Uebel – 1 Volta
7) – Leandro Nunes Esmeraldino – 1 Volta
8) – Anderson Luiz da Rosa – 1 Volta
9) – Eder Rech – 2 Voltas
10) – Ramon França – 2 Voltas
11) – Regis Zonta – 2 Voltas

Categoria Júnior 
1) – Vanderlei de Souza Junior – 18:59.951
2) – Olivio Gabriel Alves dos Santos – 8.298
3) – Darlan Milverstet – 41.161
4) – Anthonny Jose Gervasio – 1 Volta
5) – Erik Onofre Vitorassi Soares – 1 Volta
6) – Herick Fernandes Reis – 1 Volta
7) – Carlos Augusto Gervasi – 2 Voltas
8) – Vinicius Reinicke Nau – 2 Voltas
9) – Bruno Amandio Vicente – 3 Voltas

Categoria 65cc 
1) – José Antonio Filho – 18:07.354
2) – Rafael Becker – 9.253
3) – Henrique Henicka – 17.164
4) – Garmichel Rodrigues Giehl – 19.242
5) – Raul Miranda – 38.927
6) – Gabriel Vinicius dos Santos Mielke – 41.443
7) – Ivo Petras Kurahashi Konell – 48.696
8) – Guilherme Bresolin – 51.886
9) – Gustavo Rodrigues de Oliveira – 1:44.650
10) – Kaue Calza Benatto – 1 Volta
11) – Vitor Hugo Jarosczevski de Borba – 1 Volta
12) – Bruno Leal Rodrigues – 2 Voltas
13) – Pablo Michelmann – 2 Voltas
14) – Derek Slater Rocha da Silva – 2 Voltas

Categoria 55cc 
1) – Rafael Becker – 15:08.328
2) – Vitor Hugo Jarosczevski de Borba – 1:03.231
3) – Bruno Leal Rodrigues – 1 Volta
4) – Ana Leticia Watfe – 1 Volta
5) – Derek Slater Rocha da Silva – 1 Volta
6) – Gabriel Cunha Rodrigues – 2 Voltas
7) – Enzo Martinenghi Severino – 3 Voltas


Lucas Dunka

 Classificação extra-oficial

Categoria MX1
1º) Lucas Dunka – 62 pts
2º) José Brayan – 50 pts
3º) Leonardo de Souza – 47 pts
4º) Leonardo de Almeida da Silva – 40 pts
5º) Venicio Voigt – 35 pts

Categoria MX2
1º) Lucas Dunka – 67 pts
2º) José Brayan – 65 pts
3º) Leonardo de Souza – 47 pts
4º) Thiago Brenner – 38 pts
5º) Gilmar Longen Junior – 35 pts

Categoria MX3
1º) Alex Cavalca – 60 pts
2º) Amilton Juca Bala – 58 pts
3º) Erivelto Nicoladelli – 47 pts
4º) Luciano Luiz Farias – 31 pts
5º) Markolf Berchtold – 25 pts

Categoria MX4
1º) Milton Becker – 75 pts
2º) Amilton Juca Bala – 60 pts
3º) Erivelto Nicoladelli – 58 pts
4º) Everson Liciano Silva – 54 pts
5º) Luciano Luiz Farias – 43 pts

Categoria Intermediária MX1
1º) Alex Cavalca – 68 pts
2º) Renan Coldebella – 58 pts
3º) Renato Lehmkuhl – 50 pts
4º) Everson Liciano Silva – 46 pts
5º) Fabricio Farina – 31 pts

Categoria Intermediária MX2
1º) Gilmar Longen Junior – 69 pts
2º) Joao Gabriel da Veiga – 65 pts
3º) Charles Baron – 47 pts
4º) Thiago Winiarski – 40 pts
5º) Jean Carlos Lourenzetti Junior – 36 pts

Categoria Nacional
1º) Murilo Lima França – 62 pts
2º) Leandro Nunes Esmeraldino – 60 pts
3º) Maurício Ricardo Heindrickson de Abreu – 58 pts
4º) Ramon França – 55 pts
5º) Regis Zonta – 46 pts

Categoria Júnior
1º) Vanderlei de Souza Junior – 72 pts
2º) Darlan Milverstet – 65 pts
3º) Olivio Gabriel Alves dos Santos – 64 pts
4º) Erik Onofre Vitorassi Soares – 45 pts
5º) Bernardo Zappellini – 34 pts

Categoria 65cc
1º) Gabriel Vinicius dos Santos Mielke – 67 pts
2º) Ivo Petras Kurahashi Konell – 64 pts
3º) Raul Miranda – 63 pts
4º) Vitor Hugo Jarosczevski de Borba – 61 pts
5º) Pablo Michelmann – 48 pts

Categoria 55cc
1º) Vitor Hugo Jarosczevski de Borba – 50 pts
2º) Derek Slater Rocha da Silva – 44 pts
3º) Gabriel Cunha Rodrigues – 20 pts
4º) Felipe Martini Tasca – 20 pts
5º) Enzo Martinenghi Severino – 18 pts