KTM 790 Adventure R X Yamaha TÉNÉRÉ 700

Este é sem dúvida alguma o duelo mais aguardado do ano em que as duas marcas, KTM e Yamaha disputam, com dois novos modelos, um novo segmento pelas mesmas criado. Ambas montam motores bicilíndricos paralelos e  partilham o mesmo conceito de moto aventureira com enorme aptidão offroad, uma alternativa clara às pesadas MaxiTrail e às mais radicais vocacionadas para enduro puro e duro, permitindo um nível de conforto superior e uma autonomia que lhes permite percorrer longas distâncias.

KTM 790 Adventure R

Após uma enorme expectativa criada, tanto pela Yamaha como pela KTM, ambos modelos estão finalmente aí e todos aguardamos a possibilidade de os compararmos no terreno pois no papel as suas características principais já são conhecidas.

Yamaha Ténéré 700

A KTM 790 versão Adventure R, a versão mais vocacionada para o offroad ( existe uma outra versão não R ), é uma moto com tecnologia avançada, que monta o motor da Duke 790, motor que é toda uma referência em termos de prestações e que estará certamente adaptado para uma utilização em todo-o-terreno. Com 85 cv é obviamente o mais potente comparado com o motor da Ténéré, o mesmo que também já conhecemos de outros modelos da marca, o da MT-07 ou da Tracer 700, e que debita no caso da Ténéré 72,4 cv.

Seria interessante compararmos também os pesos de ambas mas a Yamaha não disponibiliza essa informação enquanto que a KTM declara um peso de 189 Kg ( Por curiosidade e comparativamente, a KTM 1090 Adventure R pesa 207 Kg e tem 125 cv de potência ). Ambas têm argumentos a seu favor e certamente que o preço final, que de momento não está fixado pelas marcas em nenhum dos modelos, poderá ser também um elemento decisivo na opção por uma ou pela outra.

A Yamaha Ténéré 700 é uma moto compacta, com um quadro e uma ciclística totalmente desenhada para esta moto e com o objectivo de a dotar de uma enorme capacidade offroad embora sem esquecer o fator comodidade que se espera e exige numa moto feita para enfrentarmos longas viagens de aventura.

O seu estilo é claramente o de uma moto de Rally, com um frontal que não deixa dúvidas a esse respeito e que integra 4 faróis LED e um écran suficientemente alto para proteger o painel de informação e todo o equipamento que se decida montar para navegação e orientação.

A Téneré 700 monta suspensões invertidas com baínhas de 43mm, resistente à torsão e aos impactos do offroad e com um curso de moto de enduro de 210mm. Atrás monta mono amortecedor com braço oscilante em alumínio e um curso de 200mm. A travagem está assegurada por duplo disco de 282mm na dianteira e um disco único de 245mm na traseira, ambos assistidos por ABS que é desligável.

Yamaha Ténéré 700

As jantes são de raios, de 21” à frente e de 18” atrás e montam pneus de piso misto Pirelli Scorpion Rally STR. O depósito de combustível tem capacidade para 16 litros o que confere uma autonomia de cerca de 350 Kms à Ténéré 700. A Ténéré 700 está disponível em 3 cores: Ceramic Ice ( azul ), Competition White ( branca ) e Power Black ( preta ). O PVP é para já desconhecido mas será anunciado em breve.

A KTM 790 Adventure R é também uma moto ligeira e compacta, uma simbiose perfeita entre uma KTM 450 de Rally e uma Maxi Trail 1090, certamente mais potente e sofisticada do ponto de vista electrónico que a Ténéré pois dispõe de acelerador Ride by Wire e quatro modos de condução de série que são Street, OffRoad, Rain e Rally. Também de série vem com controle de tração MTC e ABS em curva, OffRoad mode e OffRoad ABS.

O motor bicilíndrico da KTM 790 é muito compacto e foi concebido para ser um elemento estruturante da moto mantendo o centro de gravidade baixo. O depósito de combustível tem capacidade para 20 litros o que confere uma autonomia de cerca de 450Kms ( mais 100 do que na Ténéré ). A embraiagem é do tipo deslizante e monta caixa de 6 velocidades ( c/ quick shift opcional )

As suspensões da 790 Adventure R são WP de 48mm na dianteira com um curso de 240mm ( 200mm na versão Adventure normal ) e na traseira monta mono amortecedor WP com PDS e um curso igualmente de 240mm.

A KTM 790 Adventure monta um painel de informação TFT a cores e uma frente com o típico farol KTM Adventure de tecnologia LED. Ao contrário da versão normal a Adventure monta guarda-lamas elevado e as rodas são, em ambas versões, de 21” à frente e 18” atrás e monta pneus mistos Metzeler Karoo.

Curiosamente tanto a Yamaha Ténéré 700 como a KTM 790 Adventure R têm a mesma altura de assento que são 880mm, facto que lhe confere uma maior aptidão para o todo-o-terreno.

Resta-nos esperar pelo primeiro embate entre os dois modelos e por conhecermos as características finais em falta sobretudo os PVPs de ambas pois a maior sofisticação tem sempre um preço e irá certamente acabar por posicionar de forma diferenciada os dois modelos.