Italia é desclassificada MX das Nações depois de 4 meses

Quase quatro meses depois do Motocross das Nações do ano passado, realizado em Red Bud nos dias 6 e 7 de outubro, a equipe de Itália foi desclassificada. Em causa estão irregularidades no que toca ao combustível usado numa das motos da formação – a de Michele Cervellin.

Segundo um comunicado publicado no site oficial do MXGP, houve um total de oito motos alvo dos testes ao combustível que usaram: das equipes de Itália e também da Austrália, Bélgica, Estados Unidos e França. Essas análises acabaram por concluir que o combustível da moto de Cervellin não cumpria as normas impostas.Desta forma, a direção de corrida da FIM decidiu impor a desclassificação do Motocross das Nações de toda a equipe de Itália, pela qual alinhou o piloto em causa. Não houve qualquer apelo submetido no prazo para o fazer, o que significa que Itália foi desclassificada após ter terminado em segundo lugar, ao qual é promovido a Holanda. Portugal, que tinha ficado em 21.º, entra assim no top 20.