ISDE Portugal: Enric Francisco e Laia Sanz de fora da equipa espanhola

A uma semana da 94ª edição dos International Six Days of Enduro, que irão decorrer em Portugal, a Real Federação Espanhola de Motociclismo anunciou que Enric Francisco e Laia Sanz não vão participar este ano.

O campeão mundial de Enduro Junior, Enric Francisco, foi convocado para a equipa espanhola do Troféu Mundial mas, após uma lesão sofrida no último GP em França, foi forçado a retirar-se da edição deste ano.

Francisco será substituído por Tosha Schareina, que fará a sua estreia na equipa principal. Schareina não é um novato no ISDE, tendo feito parte da seleção Junior por três vezes.

Laia Sanz estava pronta para voltar ao Enduro e aos ISDE depois de perder a edição do ano passado devido a doença. No entanto, depois de perceber que a data coincidia com a sua preparação para o Dakar 2020 e vários outros compromissos, a piloto espanhola foi também forçada a retirar-se.

A jovem Aida Castro foi a escolhida para substituir Laia Sanz, e enfrentará pela primeira vez esta competição de seis dias.

Relativamente a estas alterações de última hora, o diretor da equipa espanhola, Ivan Cervantes, explicou: “Esperámos até ao último momento mas o Enric não se está a sentir totalmente recuperado e decidimos substituí-lo, visto que o ISDE exige um piloto que esteja a 100%. Nós escolhemos o Tosha, que é um piloto de Enduro de bom nível e que também será capaz de lutar pela vitória. Quanto à Laia, não é capaz de fazer a prova devido a vários compromissos. Também tentámos mantê-la na equipa até ao último momento mas ela não poderá estar presente no ISDE, pelo que a Aida Castro a irá substituir”.