Honda Tornado volta para o Brasil? Será?

Olá amigos internautas, a pouco tempo estive na Argentina, e babei vendo as Honda Tornado 250 2019 andando pelas ruas de Buenos Aires, nao vi nenhuma mudança significante alem do grafismo, mas senti muita falta desse modelo…

Para quem curte Enduro de Regularidade como eu, vai se lembrar de diversos titulo que nosso amigo e piloto Sandro Hoffmann conquistou com essa moto na trilha. A moto sempre foi um chumbo, mas na epoca era a “nacional” que nos tínhamos para comprar, e com as vitorias do Sandro, a Honda vendeu Tornado como agua!

Suspensao macia, bom torque, é um motor confiável, era o que o Brasil precisava na epoca, e o sucesso foi instantâneo! Se nao me engano a Honda vendeu a Tornado entre 2001 a 2008, e muitos como eu choram a falta dela ate hoje! Porque? Suspensao macia, mecânica simples e… seis marchas, o que dava a moto bem solto nas estradas… (Lander e XRE sao 5 marchas)

O preco na Argentina é de 15900, reais, o peso esta 10 centavos de real

A Tornado fez seu sucesso por aqui sendo uma moto que tinha duplo propósito. Ela era regulamentada e usada em vias urbanas, dentro das cidades, mas cumpria muito bem seu papel quando era colocada em percursos de off-road extremos.


Saiu de linha no Brasil por conta da não adequação às regras de programa antipoluição brasileiro, o PROMOT. Já percebendo isso, em meados de 2006 a Honda lançou a CRF 230F, um modelo exclusivo para off-road, que tomou essa fatia de mercado da Tornado antes de sua saída.

Mas se a Tornado, ainda em linha de produção na fábrica de Manaus e exportada para alguns países da América do Sul como a Argentina, recebesse o motor da nova Twister daqui e voltasse para as ruas do Brasil? Quem sabe… nos resta somente esperar.