Fé e amizade juntas sempre!

Por Beto Corvo

Uns 30 anos atrás, disputando o já saudoso Enduro do Pinicão, em Itanhandu, encontrei com um cara tão ou mais perdido do que eu , pilotando um XL e eu uma Agrale e resolvemos nos ajudar para sair dali do meio do mato.

Hoje, 3 décadas depois, tenho o prazer de andar novamente com o Dito e na mesma categoria Over 55.

O tempo passou, mas aquele nosso espírito de meninos não se foi.

Mudaram as motos, mudaram os equipamentos de navegação e a vida num todo. Muita água passou por debaixo da ponte. Juntos , realizamos algumas romarias a pé para Aparecida, onde nossa amizade foi fortalecida pela fé em nossa Mãe Aparecida.

Nós dois, que achávamos que apenas andaríamos de moto nas nossas trilhinhas semanais, fomos contagiados por essa febre do Enduro novamente.

E esse ano , como num sonho distante, conseguimos chegar ao pódio do Enduro da Independência. E este ano foi mágico. Muito bom de verdade.

Dito, contra tudo e contra todas as dores que estava sentindo , chegou e chegou bem.

Sempre no seu jeito tranquilo e debochado, ainda fez um 3º no último dia, levando-o ao 4º no Rancking.

Dito Olinto ainda foi o protagonista de mais uma bela história: Ter a honra de entregar o troféu de 1º lugar ao seu filho Gabriel, campeão da Cat. Senior.

Momento ímpar no esporte.

Raramente acontece. Pai e filho na mesma prova. E no pódio!

E como se não bastasse tudo isso, para “ coroar” o evento, ainda fomos nós dois fechar uma cerca da última trilha.

A organização não conseguiu fechar porque a cerca estava em péssimas condições.

Com a mesma calma de sempre, o Dito quase recostruiu a cerca, enquanto eu quase perdia a paciência ( como sempre ).

Nós dois somos extremamente diferentes um do outro. Ele sempre calmo e reflexivo e eu intolerante e agitado.

Mas estas diferenças em nada nos atrapalha.

Outro momento juntos é a nossa oração antes da largada todo dia. Pedindo a Deus por todos na prova. E Ele sempre nos atendeu.

Ditinho, meu irmão de vida.

Parabéns pela pessoa que é e por ter passado essas características aos seus filhos.

Obrigado pela amizade sincera e pelo carinho e paciência comigo.

Que Nossa Senhora, de quem somos devotos, nos mantenha unidos e com esse espírito de aventura por muitos anos ainda.

Grande beijo.