Cyro de Oliveira conquista Desafio de Freestyle

Cyro-de-Oliveira-abre-temporada-2016-do-freestyle-motocross

Desafio de FMX de Brás Pires ocorreu em 27 e 28 de agosto, competição na qual Cyro garantiu a vitória graças a precisão e técnica de pilotagem

Cyro de Oliveira retornou ao topo do pódio. Um dos precursores do freestyle motocross no Brasil, e vencedor da primeira competição do País (2003), o piloto conquistou o Desafio de Freestyle Motocross de Brás Pires. A competição ocorreu em 27 e 28 de agosto, na cidade mineira de Brás Pires.

A prova seguiu o formato clássico do Freestyle. Percurso com dois saltos, com 22 e 21 metros de distância, dispostos de modo que os competidores percorressem trajetória circular. Uma vez na pista, os pilotos eram avaliados em duas voltas, das quais aquela com maior pontuação era considerada válida.

A conquista de Cyro começou a se desenhar já na classificatória, realizada na noite de sábado (27). Diferentemente dos demais concorrentes, Cyro manobrou sem falhas na pista com aderência reduzida pelo sereno. O que lhe rendeu a primeira posição. Por sinal, a precisão, aliada à técnica de pilotagem, se mostraram elementos chave para o triunfo em Brás Pires.

Técnica de pilotagem e precisão que possibilitaram Cyro levar à final execuções como tsunamis extensos, tweak airs rotacionados e whips inclinados. Nestes últimos, saltando sentado, a fim de comprimir a suspensão para gerar mais angulação no ápice da “entortada”. Artifícios necessários para superar adversários da qualidade de Giancarlo Bergamini, outro pioneiro no FMX nacional, e Cláudio Rocha, com experiência em etapas do Mundial de Freestyle Motocross.

“Fiz uma linha certa. Não errei nenhuma manobra. Encaixei todos os saltos e ainda consegui boas extensões. Acredito que isto tenha me feito vencer, a regularidade naquele momento”, avaliou Cyro.

Apesar de habituada às apresentações de freestyle motocross, esta foi a primeira vez que Brás Pires recebeu uma competição. E a resposta do público foi muita vibração diante da competitividade da modalidade.

A carreira de Cyro ultrapassou as duas décadas no motocross. História que inclui vitórias e ajudar a sedimentar os caminhos do FMX no País. Mesmo assim, ficou bastante emocionado ao se reencontrar com o topo do pódio. “Fiquei muito feliz. Realmente, não esperava a vitória. Fui com o intuito de me divertir. De saltar ao lado de amigos. Mas vencer foi ótimo. Renovou minhas energias. ”

E renovado, Cyro segue com planos e compromissos. Entre os quais, a segunda edição do Curso de Freestyle Motocross, programado para a primeira quinzena de outubro. Quando transmitirá aos alunos a experiência de uma vida dedicada ao motocross.

Resultado Final Desafio de FMX de Brás Pires

1 – Cyro de Oliveira
2 – Giancarlo Bergamini
3 – Raphael Arnellas

Deixe uma resposta