BMW C 400 X

Foi já no Salão de Milão de 2017 que vimos pela primeira vez a nova proposta de mobilidade em scooters da marca bávara. Conhecendo o mercado já as soluções de topo de 650cc e inclusivamente a versão elétrica, que se situam em termos de PVP entre os 11.000 e 14.000 eur, a nova C400 X vem posicionar-se mais abaixo e tornar a qualidade alemã em scooters mais acessível.

A C400 X não é uma verdadeira “quatrocentos” mas sim uma 350, sendo que no entanto o seu motor “explosivo” é uma das referências do segmento, sendo uma das qualidades que se evidencia com destaque neste novo modelo.

Em termos de mobilidade todos reconhecemos que as scooters são motos práticas e uma das soluções mais adoptadas nos grandes centros urbanos, inclusivamente para quem realiza diariamente trajectos mais longos sub-urbanos, sendo que neste último caso uma cilindrada acima dos 125cc, que permita realizar trajectos com maior rapidez e segurança, será a solução que os utilizadores procuram.

A nova BMW C 400 X posiciona-se precisamente como uma solução de mobilidade com potência suficiente para circular em auto-estradas, com um preço mais acessível que as versões mais potentes da marca e as restantes existentes no mercado.

Esteticamente a silhueta da C 400 X tem traços familiares das suas irmãs maiores embora espelhe uma maior modernidade de linhas. Também o farol dianteiro assimétrico é uma imagem de marca das BM’s inclusivamente das grandes aventureiras GS’s. Aliás diríamos mesmo que a frente da C 400X está inspirada precisamente na frente das BMW’s GS, onde podemos inclusivamente ver o típico “bico de pato” por debaixo do farol LED dianteiro, farol que inclui sistema de luz diurna. Por cima do farol dianteiro um pequeno écran deflete o vento e a chuva do painel de informação e de parte do tronco do condutor. O guiador curiosamente está numa posição interessante , ligeiramente inclinado para baixo, como se de uma desportiva se tratasse.

A C 400 X tal como a maioria das maxi-scooters tem uma zona de ligação volumosa entre a frente da moto e a traseira, onde se situa precisamente o depósito de combustível, com uma curiosidade que é o facto de formar uma zona plana onde, entre as penas, se poderá colocar qualquer objecto como por exemplo um saco, mala ou mochila. O assento é amplo e extremamente cómodo, formando uma zona dianteira com enorme apoio lombar. A zona traseira do assento destinada ao pendura é também de grande dimensão e sobre elevada para garantir melhor visibilidade do passageiro onde conta com apoios generosos para as mãos e peseiras com topo em borracha que absorve vibrações contribuindo assim para um conforto acrescido.

Debaixo do assento a C 400 X inclui um sistema chamado de “Flex-Case” que permite, acionando um botão, fazer baixar sobre o pneu traseiro o fundo do compartimento para bagagem e fazer com que a sua capacidade aumente ao ponto de caber um capacete integral. Na frente do compartimento cabe ainda um capacete do tipo jet. Por questões de segurança o sistema “Flex-Case” se não estiver recolhido não permite o arranque da scooter.

O motor da C 400 X é de facto uma das referências desta scooter, um monocilíndrico com 350cc de cilindrada e arrefecimento líquido, com 4 válvulas e SOHC que debita 34 CV às 7.500 rpm e que demonstra um binário surpreendente desde baixas rotações e uma evolução explosiva na forma como atinge regimes mais altos, dotando a scooter BM de uma condução vibrante quase desportiva. Surpreendente é também a ausência de vibrações em qualquer regime de rotação certamente graças a um eixo de rotação contrária que monta e ao isolamento através de peças de borracha nos pontos de fixação do motor ao chassi. A transmissão feita por correia do tipo CVT, com embraiagem centrífuga, funciona na perfeição e garante subidas de regime surpreendentes para um motor com estas características.

O comportamento da ciclística da C400X é também irrepreensível certamente graças a um design estrutural acertado do chassis, realizado em tubos de aço com reforço em liga no ponto de fixação do braço oscilante. A suspensão telescópica dianteira de 35 mm tem um curso de 110mm e os dois amortecedores traseiros são ajustáveis em pré-carga e têm um curso de 112 mm. Ambas têm um desempenho que garante conforto e boa leitura da estrada superando com um comportamento acima da média zonas de mau piso. A dimensão das jantes em liga é de 15” à frente e 14” atrás e a dimensão dos pneus de 120/70-15 e 150/14 respectivamente, garantem estabilidade extra.

A nível da travagem a BMW decidiu marcar também pontos e na frente monta duplo disco de 265mm com pinças de 4 pistons e na traseira um disco igualmente de 265mm com pinça de apenas um piston, ambos assistidos por um sistema de ABS de 2 canais da Continental. A travagem é por isso também uma referência e de uma eficiência normalmente vista em motos de outros segmentos e de com outro tipo de performance. Em termos de estabilidade e segurança a C 400X inclui o sistema ASC que permite manter um controlo automático de estabilidade garantindo que a roda traseira não se deforma e que a força é transmitida eficientemente para a estrada, aumentando assim significativamente a segurança ativa da condução.

Outra referência é o painel TFT a cores de grande definição e nitidez, que concentra toda a informação e permite gerir o sistema opcional da Connectivity da BMW. Através desta opção é possível ligar um smartphone e controlar todas as funcionalidades através do botão multi-controler, tendo acesso a músicas, navegação e informação sobre a cidade, atendimento de chamadas e efectuar ligações através do acesso à lista de contactos. Na frente existem ainda dois compartimentos um dos quais com tomada usb onde poderá ligar o teu smartphone e enquanto carrega utilizares o écran TFT da scooter para todo o tipo de funcionalidades.

Em conclusão poderemos considerar que a BMW C 400 X é uma excelente opção de mobilidade urbana, com capacidade de realizar percursos mais longos e pequenas viagens. De design moderno e linhas vanguardistas de inspiração em outros modelos BMW, é uma scooter confortável e segura na sua condução, rápida e explosiva na aceleração, com potência sempre disponível desde os baixos regimes, ágil na condução citadina e suficientemente estreita para circular no meio do trânsito, com capacidade de carga flexível através do sistema Flex-Case, com suspensões e travões de topo, acabamentos de altíssima qualidade e bastante económica em termos de consumos. E não nos podemos esquecer de que é uma… BMW.

No meio estará a virtude? Os ditados populares têm sempre fundamento.

A BMW C 400 X está disponível em duas cores , branco alpine e azul zenith, e tem o PVP de 6.826.- euros

FICHA TÉCNICA

MOTOR

Motor Tipo monocilíndrico a quatro tempos, com refrigeração líquida, quatro válvulas por cilindro, árvore de cames à cabeça, lubrificação através de cárter seco

Diâmetro x curso 80 mm x 69,6 mm

Cilindrada 350 cc

Potência útil nominal 34 cv (25 kW) às 7500 rpm

Binário máx. 35 Nm às 6000 rpm

Taxa de compressão 11,5:1

Gestão do motor com controlo da mistura Gestão digital do motor BMS-E2

Norma de emissões Conversor catalítico 3 vias, norma de emissões EU-4

Velocidade máxima 139 km/h

Consumo de combustível 3,5 l / 100 Km

Combustível Super sem chumbo 95 (ROZ), compatível com E10

Alternador Alternador trifásico de 316 W

Bateria 12 V/9 Ah, sem manutenção

Ignição 500 Watt

Embraiagem Embraiagem centrífuga a seco

Caixa de velocidades Caixa de velocidades CVT de ajuste contínuo

Transmissão secundária Conjunto de carretos

 

CICLÍSTICA

Quadro Construção de tubos de aço com unidade em alumínio fundido

Suspensão na roda dianteira Forquilha telescópica dianteira Ø 35 mm

Suspensão na roda traseira Braço duplo oscilante em alumínio, molas de suspensão duplas, carga inicial ajustável

Curso da suspensão dianteira/ traseira 110 mm / 112 mm

Avanço 81 mm

Ângulo da coluna de direção 63,6°

Jantes Jantes em alumínio fundido

Jante dianteira 3,50 x 15″

Jante traseira 4,25 x 14″

Pneu dianteiro 120/70 ZR 15

Pneu traseiro 150/70 ZR 14

Travão dianteiro Travão de disco duplo, rígido, 265 mm de diâmetro, pinças de quatro êmbolos

Travão traseiro Travão de disco único, 265 mm de diâmetro, pinça flutuante de êmbolo simples

ABS BMW Motorrad ABS

 

DIMENSÕES

Distância entre eixos 1565 mm

Altura do banco 775 mm

Curva da perna interna 1 760 mm

Comprimento (até grelha) 2 210 mm

Altura (até vidro defletor, peso sem carga (DIN)) 1 305 mm

Largura (incl. espelhos) 835 mm

Volume útil do depósito 12,8 l

Reserva   4 l

Peso sem carga, pronto para a estrada, depósito cheio 204 kg (peso seco 193 kg)

PVP    6.826 eur    

 

 

Concorrência

Kymco Xciting 400   400cc / 35,5 CV / 209 Kg / 6.099 eur

 

Piaggio Beverly 350   330cc / 30,2 CV / 191 Kg / 7.125 eur

Suzuki Burgman 400  400cc / n.d. / 222 Kg / 8.499 eur

Yamaha XMAX 400   395cc / 31,5 CV / 211 Kg / 6.650 eur

Galeria de Imagens